Eduardo, et. al.

40

13th September 2018. Lisbon. Some days are really better than others. VICENTE NO CARMO (VICENTE IN CARMO], for the presentation of the Book Project VICENTE. SÍMBOLO DE LISBOA. MITO CONTEMPORÂNEO [VICENTE. SYMBOL OF LISBON. CONTEMPORARY MYTH] elapsed as a particularly harmonious, intense and… spiritual atmosphere. Here are some of the protagonists, immediately after the participated session, at the work of Sandra Baía.

First Eduardo Fernandes – the mentor of the VICENTE Project –, Sandra Baía and Pedro Teixeira da Mota. Below the curador, Levina Valentim – editorial coordinator of the book – and again Eduardo, (as usual) warning me about something I should consider. There was plenty of fluid conversation between authors, collaborators, diverse public and the fantastic team of the Museu Arqueológico do Carmo [Carmo Archeological Museum], among whom the weariless Célia Pereira. Done.

44

Há mesmo dias melhores do que os outros. VICENTE NO CARMO, a pretexto da apresentação da obra VICENTE. SÍMBOLO DE LISBOA. MITO CONTEMPORÂNEO decorreu durante a tarde de 13 de Setembro em Lisboa, num ambiente particularmente harmonioso, intenso e… espiritual. Eis alguns dos protagonistas, depois da concorrida sessão e já junto à obra de Sandra Baía, inaugurada na ocasião.

Primeiro o Eduardo Fernandes – o mentor do Projecto VICENTE –, Sandra Baía e Pedro Teixeira da Mota. Aqui em cima o curador, a Levina Valentim – coordenadora da edição – e again o Eduardo, a dar mais uma vez algum aviso à navegação. O resto foi (muita) conversa, com autores, colaboradores, público diverso e a incansável equipa do Museu Arqueológico do Carmo, no seio da qual há que destacar a Célia Pereira. Done.

4649

 

 

 

Leave a Reply

Your email address will not be published.